Especialistas garantem que viagens de negócios incentivam a criatividade e a produtividade

De acordo com um relatório da CWT, uma plataforma de gerenciamento de viagens, 6 entre 10 viajantes se sentem mais criativos e produtivos durante suas viagens de negócios.

Os millennials, especialmente os americanos, são os mais criativos e produtivos, com 77% em ambos os aspectos. Eles são acompanhados de perto pelos viajantes milenares da Ásia-Pacífico: onde 75% dizem que se sentem mais criativos e 73% mais produtivos. Por fim, há europeus, com 58% e 57%, respectivamente.

Especialistas apontam que essas descobertas não são surpreendentes. Viagens de negócios aumentam o nível de energia das pessoas, abrem a mente e servem para estabelecer relacionamentos. Nada pode ser comparado a um encontro face a face.

De um modo geral, deixando de lado os hiatos geracionais, os viajantes da Ásia-Pacífico são os mais criativos e produtivos: 65% e 64%, respectivamente, comparados aos americanos (58% e 60%) e europeus (53% e 51%).

O relatório também sugere que 60% dos viajantes são mais produtivos quando trabalham e colaboram com seus colegas face a face. O percentual cai para 30% quando se trabalha sozinho e para 14% quando o fazem de longa distância. No caso da Espanha, por exemplo, 62% dizem que se sentem mais produtivos em um cenário face a face, em comparação com 29% que preferem trabalhar sozinhos e 9% que preferem o trabalho à distância.

Quanto aos dados regionais, as reuniões presenciais e as viagens de negócios aumentam a produtividade dos viajantes da Ásia-Pacífico. O percentual nessa região é de 61%, comparado a 53% para a América e a Europa.

Fonte: CWT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui